Equipamentos e Materiais Básicos da Sala de

Equipamentos

• Bancada ou mesa para preparo dos imunobiológicos;

• Refrigerador para conservação dos imunobiológicos;

• Fichário ou arquivo;

• Mesa tipo escrivaninha com gavetas;

• Cadeira (três no mínimo);

• Suporte para papel toalha;

• Armário com porta para guarda de material;

• Bandeja de aço inoxidável (grande, média e pequena);

• Tesoura reta com ponta romba;

Material de consumo

• Termômetro de máxima e mínima;

• Termômetro de cabo extensor;

• Termômetro clínico;

• Bandeja plástica perfurada;

• Gelo reciclável.

• Garrafa plástica com água;

• Caixa térmica para a conservação dos imunobiológicos nas seguintes situações:

– no dia-a-dia da sala de vacinação;

– no caso de falhas na corrente elétrica;

– para a vacinação extramuros (intensificação, campanha e bloqueio); e

– para o transporte de vacinas.

• Álcool a 70% para situações excepcionais (vacinação em zona rural e em ambiente hospitalar);

• Algodão hidrófilo;

• Recipiente para algodão;

• Serrinha;

• Seringa descartável, nas seguintes especificações:

– de 1 ml, tipo tuberculina graduada em centésimos de mililitros, acoplada com agulhas 13×3,8 ou 13×4,0 ou 13×4,5 dec/mm (comprimento em milímetros – mm x diâmetro em decamilímetros – dec/mm);

– de 2 ou 3 ml, com graduação de 0,1 ml e numeração a cada 0,5 ml;

– de 5 ml, com graduação de 0,2 ml e numeração a cada 1 ml (diluição); e

– de 10 ml, com graduação de 0,2 ml e numeração a cada 2 ml (diluição);

• Agulha descartável para:

– uso intradérmico: 13×3,8; 13×4,0; 13×4,5;

– uso subcutâneo: 13 x 3,8; 13x 4,0; 13 x 4,5; 20 x 5,5 e 20×6,0;

– uso intramuscular: 20×5,5; 20 x 6,0; 25×6,0; 25×7,0 e 30×7,0;

– uso endovenoso: 25×7,0; 25×8,0; 30×7,0 e 30×8,0; e

– diluição: 25×8,0 e 30×8,0.

• Campo plástico (50×50 cm), de preferência oleado, para forrar o local de preparo do material quando da vacinação extramuros;

• Copo descartável para proteger as vacinas;

• Recipiente com paredes rígidas para desprezar seringas e agulhas descartáveis (caixa especial para coleta de material perfurocortante);

• Papel toalha;

• Depósito para lixo comum, com tampa;

• Saco plástico para lixo, descartável;

• Material para o registro das atividades: lápis, caneta, borracha, carimbo, almofada e outros;

• Sabão em barra, neutro ou de coco.

Impressos e manuais técnicos e operacionais

• Cartão da Criança;

• Modelos para registro da vacinação em outros grupos da população (por exemplo o Cartão do Adulto);

• Cartão de Controle ou Ficha de Registro;

• Mapa Diário de Vacinação (registro imediato);

• Boletim Mensal de Vacinação;

• Boletim de Campanha de Doses Aplicadas de Vacina;

• Mapa para Controle Diário da Temperatura do Refrigerador;

• Ficha de Investigação dos Eventos Adversos Pós-Vacinação;

• Ficha de Fluxo Imediato de Eventos Adversos Pós-Vacinação;

• Outros impressos, como o aerograma para faltosos, formulário para inutilização de imunobiológicos, gráfico para acompanhamento da cobertura vacinal, etc.;

• Manual de Normas de Vacinação;

• Manual de Procedimentos para Vacinação;

• Manual de Eventos Adversos Pós-Vacinação;

• Manual de Gerenciamento em Rede de Frio;

• Outros manuais técnicos e operacionais;

• Quadro com o esquema básico de vacinação;

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *