Cordotomia posterior

Cordotomia posterior é um Termos Técnicos de Enfermagem.

Cordotomia posterior significa um procedimento cirúrgico realizado na medula espinhal para o tratamento da dor crônica.

A paralisia de corda vocal bilateral em adução usualmente causa dispnéia severa e representa umdesafio para o otorrinolaringologista. Diversos procedimentos cirúrgicos têm sido propostos paratratamento dessa condição. Nesse artigo, apresentamos um procedimento para tratamento da paralisiabilateral do nervo recorrente.

Estudo retrospectivo dos resultados cirúrgicos de dez pacientes submetidos à cordotomia posteriordescrita por DENNIS e KASHIMA associada à aritenoidectomia parcial descrita por OSSOFF et al, com algumasvariações técnicas também descritas. Todos os pacientes foram operados pelo mesmo cirurgião (DHT) entre maio de 2001 a janeiro de 2005.

Acessos endolaríngeos foram introduzidos em 1948por THORNELL que propôs a aritenoidectomia comeletrocautério. Aritenoidectomia e cordotomia posteriorrealizadas com laser de CO2 foi introduzida por OSSOFF et al e por DENNIS e KASHIMA respectivamente. Osacessos endolaríngeos trouxeram um grande avanço nacorreção da paralisia bilateral de pregas vocais devido a suamenor morbidade.

A cordotomia posterior associada à aritenoidectomiaparcial representa uma técnica cirúrgica eficaz no tratamentoda paralisia bilateral de pregas vocais, restaurando, namaioria das vezes, em um único procedimento a via aéreado paciente sem grandes prejuízos na função fonatória eesfincteriana da laringe.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.