Sou Enfermagem

Twitter vai começar a remover desinformação sobre vacinas

Autor: Sou Enfermagem Em: 16/12/2020

Twitter vai começar a remover desinformação sobre vacinas

Twitter enumerou entre os posts que serão removidos os que incluem alegações falsas.

Além disso, serão removidos informações de que o vírus não é real e argumentos infundados que sugerem que as imunizações são usadas para prejudicar ou controlar as pessoas e também sobre os efeitos da vacina.

Num 'post' no seu blog oficial, afirma que começará a impor a nova política na próxima semana. Se as pessoas enviarem `tweets' que violem as regras, serão obrigadas a removê-los para poderem 'twittar' novamente.

Até que o 'tweet' ofensivo seja removido, a Twitter impedirá a sua exibição, segundo a agência Associated Press (AP).

A Twitter adiantou que, a partir do início do próximo ano, pode também rotular 'tweets' que avançam "rumores não fundamentados, alegações contestadas, bem como informações incompletas ou fora de contexto sobre vacinas", mas que podem não merecer uma remoção ao abrigo das novas regras.

A nova política surge numa altura em que os EUA começaram a vacinar contra a covid-19, a maior campanha de vacinação da história do país, bem como outros países como o Reino Unido.

O Facebook e o YouTube também já anunciaram que vão remover a desinformação sobre as vacinas.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.636.687 mortos resultantes de mais de 73,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Cursos Online: Quer melhorar o seu currículo e se destacar no mercado de trabalho? Então clique aqui e faça um curso online conosco



Este site usa cookies para fornecer serviços e analisar tráfego. Ao usar o site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais. Entendi