Administração de Medicamentos Via Endovenosa

Na via de administração endovenosa (EV), o medicamento é injetado na veia, diretamente na circulação sanguínea do paciente.

Preste atenção, a Via Endovenosa (EV) é também chamada de Intravenosa (IV)

A administração do medicamento pode ser realizada por uma única dose até uma solução por infusão contínua.  Essa via é indicada em situações de emergência.

As veias de preferência para a colocação dos dispositivos para o acesso venoso periférico são:

  • Metacarpianas.
  • Basílica.
  • Cefálica e cefálica acessória.
  • Veia intermédia do antebraço.
  • Veia intermediária do coto- velo.
  • Veia braquial.

Em recém-nascidos, é habitual a punção em veias da região cefálica.

Veias localizadas em membros inferiores (MMII) são indicadas como último recurso, em adultos.

A administração de medicamentos por via endovenosa pode ser feita por acesso periférico ou central. Os dispositivos utilizados para punção de acesso venoso periférico são:

  • Cateter agulhado.
  • Cateter sobre agulha.

Quadro  – Vantagens e desvantagens da administração de medicamentos por via intravenosa

VantagensDesvantagens
Absorção rápida.Dor pela punção e irritação local causada por alguns medicamentos.
Lesão no paciente em caso de falhas na punção.
Obtenção de resultados mais seguros.Risco de infecção devido a procedimento invasivo.
Após a administração, a medicação não poderá ser aspirada.
Via preferencial para infusão de soluções hipertônicas, devido à facilidade imediata de diluição no sangue.Contraindicação para medicações oleosas e de depósito.
A via intravenosa aceita grandes volumes de soluções na sua administração. As contraindicações relacionadas ao volume estão associadas com a patologia do paciente.Requer profissional técnico capacitado.
Risco de promover flebites.
VantagensDesvantagens
Maior precisão em determinar a dose desejada.Risco de transfixação da veia.
A terapia EV é mais “onerosa” que a terapia VO.
Risco de hematoma por trauma de punção.
Punção inadequada pode ocasionar extravasamento de medicamento para o espaço intersticial, desencadeando lesões no paciente.

A administração de medicação pela via endovenosa pode ser realizada por meio de duas técnicas distintas:

  • Administração de medicamento com necessidade de instalação de dispositivo venoso periférico prévio.
  • Administração de medicamento com dispositivo venoso já instalado.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.